Olá visitante, seja bem vindo(a)

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Não tem cadastro? cadastre-se agora

 DA EMBRACON - Leilões PB

Quarta - 12 de Dezembro de 2018
Total de lotes: 1
Cód.: 0704/2018
Data Online
FALTAM 1D 01:13:20 PARA O INICIO DO LEILAO
DA EMBRACON
Local do pregão:
ROD. BR 230, KM 37,5 S/N - Tibiri 2
Leilão:
LEILÃO DA EMBRACON

LOTE: 001

  • Avaliação: R$ 300.000,00
    Taxas: R$ 0,00
    Incremento: R$ 200,00
    Data: 01 de Junho de 2018 às 10h00
    Informações de abertura
    Incremento: R$ 200,00
    Total de visualizações: 1062
    Total de Lances: 0

    Descrição do lote

    MATRICULA DE N. 39.538 DO CARTORIO BEL. LUIS CELIO SOARES, REGISTRO DE
    IMOVEIS 3 ZONA, COMARCA DE NATAL/RN. IMOVEL:
    Um apartamento residencial n. 1001 do 10
    pavimento integrante do condomínio residencial CORAIS DE CAPIM MACIO, situado na Rua Professora
    Dirce Coutinho, 1882, no bairro de Capim Macio, zona sul, pertencente a Circunscrição Imobiliária da 3
    Zona, privativa do 7 Oficio de Notas desta capital, construção do tipo B , com 174,91 m² de área real
    construída, sendo 98,38 m² de área privativa, 37,50 m² de área de garagem e 39,03 m² de área comum,
    composto de estar/jantar, varanda, circulação, quarto suíte 01, bwc suíte 01, cozinha, área de serviço,
    quarto suíte 02, closet suíte 02, bwc suíte 02, quarto suíte casal, bwc suíte casal, quarto de serviço e bwc
    serviço, abrangendo uma fração ideal de 0,0210200272 do aludido terreno próprio, designado por áre4a
    2, medindo 4.000 m² de superfície, inclusive com direito de uso de 03 vagas de garagens cobertas
    localizadas no estacionamento de veículos.
    Imóvel ocupado.
    VALOR DO LANCE INICIAL: LOTE 01: R$ 300.000,00 (Trezentos Mil Reais).

    Histórico de lances recebidos

                                   
    usuário/placalocalidadedata/horáriovalorcomissãotaxasvalor total
    Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.